LSI está atenta às diretrizes sustentáveis pautadas pela Agenda 2030

Notícias & Blog

 

Atenta às exigências do mercado, aos movimentos dos próprios consumidores e, especialmente, às diretrizes da Agenda 2030 que inclui 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a LSI inicia, de forma intensa, o fortalecimento de estratégias, políticas internas e linhas de produtos que estejam de acordo com as instruções da agenda com abordagem focadas na sustentabilidade.

 

Os objetivos criados na Agenda 2030, pela Organização das Nações Unidas (ONU) buscam atender as necessidades do presente sem comprometer a capacidade de gerações futuras de fazerem o mesmo. Este é o desenvolvimento sustentável, que está no cerne – e no próprio nome – dos objetivos. Para que ele seja alcançado, a harmonia entre três elementos é fundamental: crescimento econômico, inclusão social e proteção ao meio ambiente.

 

Na LSI, alguns produtos comercializados pela marca já têm o formato mais sustentável, produzidos com matéria-prima 100% de origem vegetal, como os tensoativos da linha Velcis Adept, por exemplo. Outros segmentos da empresa, como o de personal care, também carregam o selo de sustentabilidade, segundo informações do Supervisor de Pesquisa e Desenvolvimento da LSI, Márcio Bezerra.

 

“No caso de alguns tensoativos da linha Velcis, por exemplo, buscamos produtos que contribuam para redução do uso de água e melhorem o desempenho em produtividade na no campo.  Com esta premissa, as soluções Velcis contribuem para um Agro mais sustentável”, comenta o supervisor. 

 

Bezerra, no entanto, explica que, apesar dos avanços em alguns produtos, a empresa ainda não consegue mensurar, de fato, o quanto já contribui, efetivamente, em números, para a redução do uso de recursos não renováveis. “Mas este planejamento já está no início dos nossos trabalhos internos”, alega.  

 

Projeto Embrionário

O tema sustentabilidade na LSI vem ganhando força desde o ano passado pelos Heads de cada business da marca. Em 2021, a empresa aproveitou a Semana de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT) e inseriu uma palestra sobre o assunto, ministrada pelo professor da Universidade de Sorocaba (UNISO) e engenheiro ambiental, Paulo Sérgio Salmazo.

 

Neste dia, nasceu o grupo interno de colaboradores com a missão de conscientizar e implantar políticas sustentáveis na empresa. “Apesar de já temos alguns produtos sustentáveis, a intenção é fortalecer a mentalidade sustentável em todas as linhas, neste primeiro momento, as ações estão focadas especificamente nas matérias-primas e em algumas de nossas embalagens que estão passando por algumas modificações, além de iniciativas internas como a não utilização de copos descartáveis, entre outras”, exemplifica Bezerra.